quarta-feira, 10 de julho de 2013

COMO NAVEGAR NA INTERNET?

Hoje vamos nos focar, por enquanto, na busca de informação nos conteúdos dos websites.A quantidade de informações disponível na Internet representa um enorme avanço na democratização do acesso, mas ela cria a necessidade de que cuidemos de distinguir o que é de interesse, de qualidade e confiável. Além de saber realizar pesquisas, precisamos saber realizar pesquisas na Internet, utilizando programas de navegação e ferramentas de busca que possibilitam localizar informações e depurar os resultados encontrados, construindo critérios para tal. Navegar na Internet é o ato de passear pela, movendo-se de uma página para outra, seguindo links. Na Internet, há milhões de websites (esse número cresce diariamente) e, às vezes, perde-se tempo precioso procurando pelo site mais completo, pela informação mais bem elaborada.
    Mas vamos navegar!  Para navegar em um site, precisamos utilizar um tipo de software chamado de navegador (em inglês é browser). Há muitos navegadores e dependendo do dispositivo (computador, tablet ou outro) que estivermos usando, precisamos saber qual estará disponível. No Linux Educacional, estão disponíveis os navegadores Mozilla Firefox, Google Chrome, Opera, entre outros. Você pode usar qualquer um deles. Em geral os navegadores são bastante semelhantes, então não importa muito, para quem está começando, usar este ou aquele.Ao navegar na Internet, estamos lendo um hipertexto. Hipertexto? Sim! Na Internet navegamos sobre (ou lemos) hipertextos.

Lendo um endereço web
    Para compreender o padrão dos endereços na web, vamos retomar alguns dos endereços visitados:
    http://www.mec.gov.br
    http://portaldoprofessor.mec.gov.br
    http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/PesquisaObraForm.jsp
    http://news.bbc.co.uk/2/hi/technology/8552410.stm
    Olhando os quatro, assim juntos, fica fácil perceber que há um padrão. Vamos tomar o mais extenso dos endereços acima para examinar melhor. Podemos, nele, distinguir alguns elementos. Indicamos na figura abaixo o significado de cada um deles:
   


       http://  –  é um elemento obrigatório na formação do endereço. Esse conjunto de letras indica o protocolo de identificação para transferência de documentos na Internet, a sigla http indica que estamos buscando um documento no formato de hipertexto;
    www.dominiopublico.gov.br – o segundo elemento do endereço, também obrigatório, é a sua parte principal. Indica o domínio onde este conteúdo deve ser localizado. Este domínio aponta uma rota para busca na rede Internet, ou seja, aponta para um ou mais computadores onde o conteúdo poderá ser encontrado. É formado de partes separadas por pontos. Observando-o melhor, podemos compreender qual a origem institucional deste domínio (site):
    www– indica que o endereço está na World Wide Web (muitos endereços já prescindem do uso desta sigla);
    mec – é o nome principal do domínio do site;
    gov–  é o código para sites de instituições governamentais;
    br – é o código para sites registrados no Brasil.
    OBS.: Os sites registrados em outros países terão outras terminações (pt – Portugal, ar – Argentina etc.). Os Estados Unidos organizaram a Internet, por isso é o único País que não usa sigla identificadora em seus sites e endereços eletrônicos.
    Quando os endereços terminam logo após o código identificador do País significa que estamos acessando a página principal, a porta de entrada daquele site. O exemplo que destacamos apresenta após esse código:
    /pesquisa/PesquisaObraForm.jsp
    Aqui na primeira parte /Pesquisa está indicada uma pasta ou local específico já interno ao disco rígido do computador que hospeda a página. A segunda parte localiza um arquivo específico chamado /PesquisaObraForm.jsp

(FONTE:PROINFO)